RSS

Kosovo : nasce um país

09 out

Hoje acordei cedo e parti decidido a conhecer um pouco do Kosovo. Kosovo foi arrancado a fórceps da Sérvia numa guerra sangrenta, que só acabou quando a ONU decidiu finalmente bombardear Belgrado, pondo fim a um conflito que não tinha perspectiva de terminar bem. Foi reconhecido como nação em 2008, se tornando então o país mais novo. Em 2011 nasceu o Sudão do Sul, tirando de Kosovo pelo menos até 2013 o título de país mais novo. A Sérvia até hoje não reconheceu o Kosovo, e esta novela ainda vai durar um tempo.

O ônibus de Skopje para Pristina gasta 2 horas para percorrer os 85 kms. Isso porque tem que passar por 2 imigrações, e ainda faz algumas paradas para pegar e largar passageiros. Além disso a estrada é estreita, e o trânsito é intenso. Na região da fronteira, muitas montanhas, depois é bem plano. Aliás, o Kosovo é um país plano cercado por montanhas.

Chegando lá, imediatamente comprei meu bilhete de volta, e parti para o centro, sabendo que tinha cerca de 3 horas para passear. Passei pelo Boulevard Bill Clinton (tem até um monumento com uma estátua dele), e cheguei à Avenida Madre Teresa. É um calçadão novo, espaçoso, cheio da bares, restaurantes e bancos, todos estalando de novos, recém construídos. As pessoas super bem arrumadas, e alguns soldados da missão da ONU. Tinha uma estátua de Ibrahim Rugova, herói albanês, primeiro presidente do Kosovo, que tinha sido inaugurada há 1 semana. Os kosovares faziam fila pra tirar foto dela ou com ela. Em 3 horas, dá pra ver tudo e mais um pouco do centro de Pristina. Deu pra ver também que há dezenas de grandes prédios em construção, há dinheiro vindo de todo lado, e realmente o país esta numa grande mudança. Em alguns anos, será bem diferente, e foi interessante pelo menos presenciar uma fase desta construção (ou reconstrução, como queiram). A grande maioria da população e de origem albanesa, e a bandeira da Albânia esta por toda parte.

Kosovo - nasce um país

Kosovo – nasce um país

Calçadão reconstruído de Pristina

Calçadão reconstruído de Pristina

Estátua do Bill Clinton

Estátua do Bill Clinton

Cheguei de volta a Skopje às 4:15, e logo encontrei o Khouri no centro de Skopje. Surpresa : Skopje parece uma especie de Dubai cultural. Eles simplesmente estão construindo monumentos grandiosos em quantidade, estátuas mais altas que um prédio de 8 andares, museus, pontes, igrejas, mesquitas, etc. Rodamos bastante, mas já estava escurecendo, amanhã vai dar tempo de ver com mais calma, antes de irmos pro aeroporto.

Um detalhe sobre a Macedônia : ela tem condições, mas nao tem chançes de entrar para a União Europeia. Isto porque a Grécia nao aceita que ela utilize o nome Macedônia como do país, pois a Macedônia é uma região grega, assim eles consideram. E eles têm poder de veto no acolhimento da Macedônia pela UE. Mais uma encrenca sem data para acabar.

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em outubro 9, 2013 em Balcans, Bálcãs, Kosovo, Macedonia

 

Tags: ,

Uma resposta para “Kosovo : nasce um país

  1. Léo Terra

    outubro 9, 2013 at 11:49 pm

    Bravo companheiros !!!
    Precisaremos de varios chopps para compartilhar todas estas informações.
    Parabens e bom retorno…

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: